Sob intervenção de Bolsonaro, programa “Sem Censura” é suspenso na TV Brasil

Sob intervenção de Bolsonaro, programa “Sem Censura” é suspenso na TV Brasil Destaque

Sob intervenção de Bolsonaro, programa “Sem Censura” é suspenso na TV Brasil

Foi no "Sem Censura", que o ator Pedro Cardoso se levantou e foi embora em solidariedade aos funcionários da Empresa Brasil de Comunicação, que estavam em greve por ameaças de congelamento do salário durante o governo golpista de Michel Temer.



Reportagem de Joelmir Tavares, nesta terça-feira (29) na Folha de S.Paulo, revela que o programa “Sem Censura”, apresentado pela jornalista Vera Barroso, na TV Brasil, foi suspenso em meio à intervenção da gestão Jair Bolsonaro (PSL) na EBC (Empresa Brasil de Comunicação), administrada pelo governo federal.

A emissora, via assessoria, diz que “o programa ao vivo foi interrompido na atual temporada, devendo ser reavaliado para a próxima grade junto com a nova programação”. A permanência do “Sem Censura” na nova grade, que deve estrear em 11 de março, é incerta.

A EBC informou ainda o fim do Repórter Brasil Maranhão, programa jornalístico no estado da região Nordeste.

O governo decidiu reestruturar a EBC, o que inclui cortes e mudanças na TV Brasil. O ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, é o responsável por coordenar a tarefa.

O programa era produzido no Rio de Janeiro e estava no ar desde 1985, quando estreou pela TVE Brasil.

Foi no “Sem Censura”, que o ator Pedro Cardoso se levantou e foi embora em solidariedade aos funcionários da Empresa Brasil de Comunicação, que estavam em greve por ameaças de congelamento do salário durante o governo golpista de Michel Temer.

Fonte: Revista Fórum