Sindicato visita unidade da Caixa no SIA e constata irregularidades

Sindicato visita unidade da Caixa no SIA e constata irregularidades Destaque

Sindicato visita unidade da Caixa no SIA e constata irregularidades



Após receber denúncias dos empregados da Caixa, o Sindicato visitou nesta quarta-feira (27) a unidade da Cedes, no Shopping Center Mall, no SIA, onde foram constatadas situações insalubres no ambiente de trabalho. No local, cerca de 100 trabalhadores, entre empregados e terceirizados, ocupam o mesmo espaço no subsolo, sem adequadas condições para atividade laboral.

Além do forte cheiro que exala no ambiente, os trabalhadores têm de conviver com a falta de circulação de ar, carpetes sujos e fios dos computadores expostos. Sem contar que, devido a problemas de tubulação no prédio, caixas de gordura de outros estabelecimentos que ocupam o shopping costumam transbordar, causando mais problemas. No período de chuvas há riscos de alagamento e quando está calor, o ar condicionado não suporta a demanda. Outro problema grave é a inexistência de uma rota de fuga, em casos de necessidade.

A Caixa esclareceu que os empregados foram transferidos provisoriamente para aquele local, que acabou se tornando permanente. Informação extra-oficial garante que as unidades que estão em subsolo serão remanejadas para outros locais, no caso do SIA, ele será esvaziado até o dia 15 de março.

“Realmente, constatamos que as acomodações da Cedes não oferece as condições adequadas para a saúde do bancário. Vamos continuar acompanhando este processo para que o colega tenha melhores condições de trabalho. No dia 18 de março retornaremos à Cedes/SIA. E, caso não tenha ocorrido a transferência dos trabalhadores, o Sindicato tomará as medidas necessárias para solucionar o problema”, assegura o diretor do Sindicato Antonio Abdan e empregado da Caixa.

Participaram dessa vistoria pessoas da Gilog, da Cedes/BR e a diretora Fabiana Uehara, também empregada da Caixa.

Mariluce Fernandes
Do Seeb Brasília