Com lucro recorde, Bradesco paga PLR dia 6

Com lucro recorde, Bradesco paga PLR dia 6 Destaque

Com lucro recorde, Bradesco paga PLR dia 6



Os sindicatos e a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) solicitaram e o Bradesco atendeu ao pedido de antecipar o pagamento da segunda parcela da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) para quarta-feira (6). A PLR é uma conquista dos bancários, garantida pela Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).

O Bradesco informou que pagará o teto da PLR (a regra majorada, que é 2,2 salários com teto de R$ 27.802,48) e o teto da parcela adicional, que é R$ 4.711,52, descontando a primeira parcela da PLR, que já foi paga em setembro de 2018.

“A categoria bancária foi a primeira a garantir essa conquista a partir de muita luta e mobilização durante a campanha salarial de 1995. Com o lucro enorme que alcançou, por causa do esforço e da dedicação de cada trabalhador, o banco tem meios para melhorar as condições de trabalho a fim de evitar mais casos de adoecimento e afastamento, por exemplo”, destaca José Avelino, diretor da Federação dos Bancários do Centro Norte (Fetec-CUT/CN).

Lucro

Em 2018, o banco obteve lucro líquido de R$ 21,564 bilhões, 13% a mais em relação ao ano anterior. Só no quarto trimestre do ano passado, lucrou R$ 5,83 bilhões, rendimento quase 20% maior que o obtido no mesmo período de 2017.

Da Redação com informações Contraf-CUT