BRB atende reivindicação do Sindicato e anuncia novo concurso

BRB atende reivindicação do Sindicato e anuncia novo concurso Destaque

BRB atende reivindicação do Sindicato e anuncia novo concurso

O Sindicato pressionou e, durante cerimônia realizada no Palácio  do Buriti nesta sexta-feira (8), o novo presidente do BRB anunciou a realização de um novo concurso. A previsão é de 113 vagas e formação de cadastro reserva de 2 mil vagas, cuja nomeação ocorrerá durante a validade do concurso, segundo o governador Ibaneis Rocha. Os últimos certames foram realizados em 2011 para todos os cargos e, em 2013, para analista de tecnologia da informação.

A cobrança por um novo concurso público é reivindicação antiga do Sindicato em mesa de negociação uma vez que o quadro funcional do banco vem sofrendo baixas significativas por causa dos Programas de Aposentadoria Incentivada e pedidos de demissões diversos.

“Além dos programas de desligamento incentivado e outros desligamentos realizados nos últimos anos, o aumento do trabalho tem gerado sobrecarga e, consequentemente, adoecimento dos bancários. O BRB, seu corpo funcional e a população do DF precisam de novos empregados para assegurar o melhor atendimento aos clientes”, destaca a  diretora da Federação dos Bancários do Centro Norte (Fetec-CUT/CN), Samantha Sousa.

Para Daniel de Oliveira, diretor do Sindicato, “o concurso é fundamental para garantir a qualidade do serviço prestado aos clientes e usuários do banco. Com mais funcionários, o banco público de Brasília se mantém forte e atuante na melhor prestação de serviços à clientela e ao público em geral, para o desenvolvimento do DF”.



BRB lança dois programas


O novo presidente do banco, Paulo Henrique Rodrigues Costa, também anunciou dois novos programas para os clientes e para a população do DF.  

O primeiro programa financiará 70% de lotes regularizados e 90% de lotes em processo de regularização. A parceria é com a Terracap e atenderá tanto pessoa física quanto jurídica. O programa começa a funcionar na próxima segunda (12). Os financiamentos podem chegar até R$ 500 mil.

“O valor fixado para o lote tem um desconto de 25% se pago a vista. Então, o morador poderá pegar o crédito no BRB para pagá-lo à vista, ganhando assim este importante benefício. E o banco ganha um cliente por no mínimo uns 20 anos. Importante destacar que a concepção e formulação deste produto é mais uma demonstração da capacidade e agilidade dos empregados do banco, pois ele foi desenvolvido de forma muito rápida pela área técnica de desenvolvimento e imobiliária do BRB. Certamente é algo extremamente relevante para grande parcela da população do DF, pois estima-se em mais de 500 mil, os moradores dos condomínio passíveis de regularização”, diz Antonio Eustáquio, diretor do Sindicato.

Já o Programa de Consultoria Financeira terá como objetivo reduzir o endividamento dos servidores do GDF. O objetivo é que 85% dos “superendividados” tenham sua situação regularizada. Será concedido crédito que pode chegar a 120 meses, com taxas se iniciando em 1,15% a.m. “A apresentação deste produto é mais uma demonstração da capacidade dos empregados do BRB, pois ele foi desenvolvido pela área de crédito do banco que, demandada pelo governo, o desenvolveu em tempo bastante rápido. Isto mostra como os empregados do banco são capacitados, pois respondem de pronto diante dos desafios. É importante destacar que a concepção e formulação deste produto de consultoria financeira é mais uma demonstração da capacidade e agilidade dos empregados do banco, pois ele também foi desenvolvido pela área técnica do BRB", ressalta o diretor da Fetec-CUT/CN, Ivan Amarante.

“Este problema dos superendividados vem de longa data e já levou o BRB a outras iniciativas no sentido de atendê-los, embora a gestão anterior, no governo Rollemberg, tenha tratado com descaso esta questão. O Sindicato considera importante atender esta clientela, pois tal atitude, além de fidelizar estes clientes que são servidores do GDF, repercute positivamente nos demais servidores e na sociedade como um todo, ao demonstrar preocupação social do banco para com seus clientes. Isto se demonstra pelo caráter do programa, que oferecerá também educação financeira para os servidores, algo fundamental para que eles não voltem a se endividar”, comenta Ronaldo Lustosa, diretor do Sindicato.

Participaram da solenidade no Buriti os diretores do Sindicato Ronaldo Lustosa e Daniel de Oliveira e Samantha Sousa e Ivan Amarante pela Fetec-CUT/CN, todos funcionários do BRB.

Da redação