Venha curtir a última etapa do Festival Palco Cerrado

PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO

Venha curtir a última etapa do Festival Palco Cerrado

Venha curtir a última etapa do Festival Palco Cerrado


O Palco Cerrado - Festival de Múltiplas Linguagens 2018 chega a sua quarta e última etapa neste mês de agosto com diversas atrações imperdíveis. A primeira apresentação, marcada para esta segunda-feira (6), é exclusiva para estudantes de escolas públicas. Espetáculos de dança, música e teatro seguem entre os dias 16 e 20 de agosto.

Poetinha Camarada



Para abrir a programação de agosto, o festival recebe excepcionalmente, nesta segunda-feira (6), o espetáculo ‘Poetinha Camarada: As Aventuras do Menino Vinícius’, do grupo Pararatibum Criações Artísticas. A peça infantil, que será apresentada exclusivamente para alunos de escolas públicas, foi criada a partir da obra Arca de Noé, de Vinícius de Moraes, e é uma releitura integrada por personagens do clássico, no universo infantil do artista.
 
Cantadas



Na quinta-feira (16), a partir das 21h, é a vez do show ‘Cantadas’ com Tatá e Danú. A dupla sobe no palco do Teatro dos Bancários para o pré-lançamento do EP que dá nome ao show. Com uma musicalidade que encanta à primeira audição, o show autoral contará com a apresentação das músicas do disco “O Leve”, como “Lavadeira”, “Rosalina e Margarida”, “Vida Dividida” e a faixa título, além das canções do trabalho mais recente, “Cantadas”.
 
Asas da dança
 

Dia 17, sexta-feira, às 21h, tem espetáculo 'Asas da Dança' com a companhia Balé da Cidade de Brasília. O grupo traz em sua apresentação vários trechos de balés consagrados e coreografias contemporâneas premiadas, sendo executadas por jovens talentos do Distrito Federal.
 
Levante-se 
 
 
Com dramaturgia contemporânea e fragmentada, inspirado na obra da escritora Alice Birch, o grupo Levante-se traz um experimento teatral que contesta o lugar da mulher na sociedade do século 21. Na apresentação de sábado (18), a partir das 21h, a figura feminina vai surpreender com um comportamento inusitado, transgredindo os patrões.  

Segura mamãe



Domingo (19) é dia de espetáculo infantil 'Segura Mamãe', com a Companhia Sorte. Dona Lelê virou a dona do circo e tenta colocar o Palhaço Trevolino para trabalhar. Agora, é uma trapalhada atrás da outra. O espetáculo, que começará às 16h, é interativo e mescla a palhaçaria às técnicas de equilibrismo, malabarismo e mágica, sempre com a participação da plateia.

 
A banda brasiliense Talo de Mamona encerra as apresentações de 2018 do Festival às 20h. A partir do EP 'Marcha das Vadias', o show vai integrar linguagens de performance, instalação e música. O nome do primeiro EP da carreira da banda expõe diretamente a realidade das questões sociais de igualdade de gênero e o discurso se estende a classe trabalhadora e as relações de consumo.

Diversidade cultural
 
O festival de múltiplas linguagens chega a agosto para completar o ciclo de cinco shows artísticos e 12 espetáculos de artes cênicas no total. O Palco Cerrado contou com apresentações nos dias de 17 a 21 de maio, de 14 a 18 de junho e de 19 a 23 de julho.
 
O Palco Cerrado se propõe a capturar e apresentar à população, com direcionamento particular aos bancários, a diversidade das expressões culturais, o pluralismo de ideias e as inovações artísticas do DF. Com esse projeto, o Sindicato inaugura uma nova política cultural com o propósito de estimular a formação sociocultural e estética, o pleno exercício da cidadania e a manifestação da identidade cultural do DF por meio de sua diversidade artística.
 
Os ingressos para prestigiar as apresentações custam R$ 20 a inteira e R$ 10 a meia (bancários sindicalizados).

Joanna Alves
Do Seeb Brasília