Sindicato reafirma posição histórica e não fará cobrança do imposto sindical

Sindicato reafirma posição histórica e não fará cobrança do imposto sindical Destaque

Sindicato reafirma posição histórica e não fará cobrança do imposto sindical



Mantendo a coerência da defesa histórica contra o imposto sindical, a diretoria do Sindicato dos Bancários de Brasília decidiu que não vai convocar assembleia para discussão e deliberação a cobrança dessa modalidade de contribuição.

Há anos, a entidade sindical segue a posição da CUT, partindo do entendimento de que os trabalhadores não devem ser obrigados a dar o equivalente ao ganho de um dia de trabalho para um sindicato que não seja representativo. O repasse deve ser uma escolha feita por uma categoria consciente da necessidade de fortalecimento da entidade que de fato defenda seus interesses.

Veja aqui matéria veiculada em 2014 sobre o tema

Sindicalize-se e contribua para a luta

O Sindicato entende que os trabalhadores devem ter a consciência de que uma entidade forte, que representa os interesses da categoria na defesa de seus direitos, previstos na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), como PLR, vales refeição e alimentação, 13ª cesta, licenças maternidade e paternidade ampliadas, entre outros, e na luta por novas conquistas, se mantém com as mensalidades pagas pelos seus associados. Daí a importância da sindicalização.

A sindicalização é a principal forma de fortalecer a entidade. É quando o trabalhador assume realmente o papel de protagonista na luta e nas conquistas da sua categoria. 

Há mais de 50 anos, o Sindicato dos Bancários de Brasília trabalha para garantir e defender os direitos dos bancários e bancárias do Distrito Federal. Salários dignos, melhores condições de trabalho e mais qualidade de vida estão entre as muitas conquistas alcançadas nessa jornada.

Para além da categoria, o Sindicato também trabalha por uma sociedade mais justa e pautada pela valorização do ser humano.

Mas para avançar ainda mais nas conquistas e buscar inovações frente às possíveis mudanças, a categoria precisa continuar participando dos espaços e das atividades sindicais e ajudar na construção e no fortalecimento do seu Sindicato.

Contribuições eventuais

Aos bancários que desejarem contribuir esporadicamente, como muitos que já demostraram interesse, o Sindicato orienta que entrem em contato com a Central de Atendimento, pelo 3262-9090 ou centraldeatendimento@bancariosdf.com.br, para que possam saber como proceder nesse caso.

Da Redação