Sindicato promove cursos sobre reforma trabalhista e terceirização

Sindicato promove cursos sobre reforma trabalhista e terceirização Destaque

Sindicato promove cursos sobre reforma trabalhista e terceirização



Diante da atual conjuntura do país, e ciente de que a formação é um importante instrumento de luta, principalmente em função dos desafios que tem pela frente, o Sindicato promoveu os cursos “Reforma Trabalhista e seus impactos nas negociações coletivas”, nos dias 12, 13 e 14 de setembro, e “Terceirização: Efeitos sobre as relações de trabalho”, nos dias 2,3 e 4 deste mês, em sua sede.

Participaram dirigentes sindicais e funcionários da entidade, que tiveram a oportunidade de aprofundar os seus conhecimentos sobre a terceirização para compreender o novo cenário confirmado com a aprovação das leis 13.429/17 (Terceirização) e 13.467/17 (reforma trabalhista) para as relações de trabalho no Brasil. Além disso, eles analisaram a extensão e possíveis impactos do novo ordenamento jurídico trazidos com a autorização da terceirização sem limites no país.

“Também diagnosticamos o impacto da extensão da terceirização sobre o sindicalismo bancário e elaboramos estratégias de resistência frente às alterações do modelo de funcionamento de negócios nos bancos, amparado, agora, pelo ordenamento jurídico aprovado em 2017”, esclarece a secretária de Formação do Sindicato, Teresa Cristina.

A dirigente observa que os cursos são todos planejados com o objetivo de desenvolver a criticidade em relação aos temas abordados. “É preciso conhecer para termos condições de enfrentar. Resistência, ação e mobilização sindical passam primeiro pelo conhecimento. A formação é o caminho", destaca.

Temas

O curso 'Reforma Trabalhista e seus impactos nas negociações coletivas' abordou os temas As tentativas da reforma trabalhista nos anos recentes, O Sistema Brasileiro de Relações do Trabalho, A reforma atual e os impactos na negociação coletiva, As especificidades da reforma no setor bancário e os Desafios colocados pela reforma e a ação sindical.

Os temas foram ministrados por Thomaz Ferreira Jensen (técnico do Dieese/SP e também da Escola do Dieese de Ciências do Trabalho), Max Leno, supervisor técnico Diesse/Brasília e Pedro Tupinambá, economista do Dieese/Brasília, subseção do Sindicato dos Bancários de Brasília.

Já o curso 'Terceirização: Efeitos sobre as relações de trabalho' abordou os temas Aspectos teóricos e práticos da terceirização, A legislação anterior sobre terceirização (aspectos das leis 13.429/17 e 13.467/17 e seus impactos na negociação coletiva dos bancários e condições de trabalho), e Ação sindical e terceirização.

Os palestrantes foram Bárbara Vallejos Vazquez, técnica do Dieese SP;  os técnicos do Dieese Brasília, Max Leno e Pedro Tupinambá; Felipe Miranda (Dieese, subseção Fenae); as advogadas da LBS (que presta assessoria jurídica ao Sindicato), Laís Muylaert e Sarah Coly; e Miguel Pereira, diretor da Contraf.

Mariluce Fernandes
Do Seeb Brasília