Sindicato obtém liminar na Justiça que suspende efeitos da revogação do RH 151

CAIXA

Sindicato obtém liminar na Justiça que suspende efeitos da revogação do RH 151 Destaque

Sindicato obtém liminar na Justiça que suspende efeitos da revogação do RH 151



O Sindicato conseguiu na Justiça liminar contra a Caixa Econômica Federal, na ação civil pública movida pela entidade, que determina a imediata suspensão dos efeitos da revogação do RH 151 e das alterações decorrentes para os empregados admitidos até 9 de novembro de 2017.

A decisão é do juiz Urgel Ribeiro Lopes, da 8a Vara do Trabalho de Brasília, e beneficia todos os empregados da base territorial do Sindicato (Distrito Federal).

O Sindicato ingressou com ação civil pública denunciando a revogação do RH 151, o que gerou alterações em outros normativos, como o RH 115 e 184.

O RH 151 regulamentava o adicional de incorporação, direito previsto para os empregados que exerciam dez anos ou mais de função gratificada/cargo comissionado e que, porventura, viessem a ser dispensados da função sem justo motivo.

“Os benefícios previstos na norma regulamentar se incorporam ao contrato de trabalho e somente poderão ser alterados por mútuo consentimento e desde que não resultem em prejuízo aos empregados. No caso em apreço, verifico que [...] a revogação das regras prevista no RH 151 sem o consentimento dos empregados admitidos até 09/11/2017 viola o disposto no art. 468 da CLT”, diz trecho da sentença.

Da Redação