Sindicato faz ‘arrastão’ nas agências bancárias da Asa Norte

Sindicato faz ‘arrastão’ nas agências bancárias da Asa Norte Destaque

Sindicato faz ‘arrastão’ nas agências bancárias da Asa Norte

As atividades de mobilização da Campanha Nacional 2018 prosseguem a todo vapor. Nesta terça-feira (7), o Sindicato realizou mais um ‘arrastão’, desta vez nas agências bancárias da Asa Norte. Os bancários e bancárias estão recebendo informações sobre o andamento das negociações com a Fenaban (federação dos bancos) e sendo orientados a reforçar a luta para garantir os seus direitos.

Os dirigentes sindicais esclareceram que aguardavam posicionamento da reunião entre o Comando Nacional e a Fenaban, em São Paulo, que ocorria na tarde desta terça (7), quando, conforme prometido, os banqueiros apresentariam uma proposta global, a ser avaliada nesta quarta-feira (8), durante assembleia, às 19h, no Teatro dos Bancários.

“Informamos que durante a assembleia também será organizada a participação dos bancários no Dia do Basta, convocado pela CUT e demais centrais sindicais para a sexta-feira (10), quando trabalhadores de todas as categorias farão paralisações, atrasos de turno e atos nos locais de trabalho e praças públicas”, disse Louraci de Morais, diretora da Fetec-CUT/CN e bancária do Itaú.

Louraci disse ainda que na pauta de reivindicações dos bancários consta também a ampliação do horário, com dois turnos. “Queremos melhorar a qualidade do atendimento e gerar mais emprego”. E conclamou: “Vamos juntos em busca de nossos direitos e vitória”.

“Luta é de todos”

De acordo com o diretor do Sindicato e bancário do BRB Daniel de Oliveira, a população também está sendo informada sobre a campanha salarial, uma vez que o descaso dos banqueiros prejudica tanto os bancários como os clientes e usuários. "Explicamos que a luta é de todos e é fundamental acompanhar tudo que o vem ocorrendo nas negociações, através do site ou dos informativos da entidade sindical”.

José Avelino, diretor da Fetec-CUT/CN, enfatizou que “quem aceita ou rejeita a proposta da Fenaban são os bancários e as bancárias. E, caso ela não seja satisfatória, a categoria terá de partir para a greve”, ponderou.

Pausa para a música

Para despertar a atenção dos clientes e usuários, sempre há uma apresentação musical durante as visitas às agências. 

Mariluce Fernandes
Do Seeb Brasília