Sindicato estranha pareceres divergentes sobre o Pelo 35

Sindicato estranha pareceres divergentes sobre o Pelo 35 Destaque

Sindicato estranha pareceres divergentes sobre o Pelo 35



O Projeto de Emenda à Lei Orgânica 35/2016 (Pelo 35), que tramitou na CLDF no ano passado e teve um parecer desfavorável do antigo relator, deputado Chico Leite (Rede), agora em 2017 volta a assombrar o BRB.

Com um novo relator, o deputado Prof. Israel (PV), o projeto teve sua admissibilidade aprovada na Comissão de Constituição e Justiça, cujo relatório foi favorável à admissibilidade

Veja os dois pareceres:

O que causa estranheza é que o assunto, mesmo sendo o mesmo, tem dois relatórios completamente distintos. E, o mais estranho, é que a legislação em que se baseiam os relatórios é a mesma, e provavelmente a área técnica da CLDF que estuda os projetos propostos também deve ser a mesma. Diante disso, pode-se duvidar se não existem interesses outros por trás deste projeto.

Aliás, é bom que se destaque que a própria deputada Telma Rufino, propositora do Pelo, disse em audiência com o Sindicato ainda em 2016, que a iniciativa tinha como intuito forçar o BRB a negociar com os servidores do GDF condições melhores para estes, especialmente no que se refere a questões de endividamento, o que ocorreu. Então é estranha esta nova investida.

“Assim como nos mobilizamos em 2016 contra esta iniciativa, vamos à carga de novo. É preciso que todos os funcionários estejam atentos a esta discussão, e que façamos o que for necessário para derrotar este projeto tão danoso ao BRB”, diz Daniel de Oliveira, diretor do Sindicato.

“O Sindicato mais uma vez está em busca de discussão com todos os parlamentares, para demonstrar a impropriedade deste projeto. É fundamental também que cada funcionário do banco contribua neste trabalho, enviando mensagens ou ligando para qualquer deputado da CLDF cobrando uma posição em defesa do banco, e contra o Pelo, defende Cristiano Severo, secretário-geral do Sindicato.

Sindicato se reúne com a AEBRB

Ainda relacionado com a luta em defesa do BRB e contra o Pelo 35, o Sindicato se reuniu na terça-feira (6) com a diretoria da AEBRB. No encontro, ficou evidenciado que, além da luta contra o Pelo, as duas instituições podem agir conjuntamente na defesa do banco. Sendo assim, Sindicato e AEBRB firmaram compromisso de caminharem em conjunto projetos que digam respeito ao banco, à sua defesa enquanto empresa pública do DF e também na defesa de seus funcionários. Neste sentido, as duas instituições empreenderão esforços em relação especialmente à Saúde BRB e sua sustentabilidade, haja vista que está em curso uma discussão no âmbito do BRB sobre o custeio futuro do plano de saúde, e a AEBRB, tem papel fundamental neste custeio, visto que é responsável pelo pagamento de 25% das despesas assistenciais do plano.

Estiveram presentes na reunião pelo Sindicato os diretores Cristiano Severo, Antonio Eustáquio, Cida Sousa e Daniel de Oliveira, e ainda o diretor da Fetec-CUT/CN André Nepomuceno. Pela AEBRB estiveram o presidente, Paulo Carvalho, e os diretores Hugo Andreolli e Sandro Sousa.

Da Redação