Plano de Saúde Santander: Custos abusivos assustam bancários

Plano de Saúde Santander: Custos abusivos assustam bancários Destaque

Plano de Saúde Santander: Custos abusivos assustam bancários

O movimento sindical vem recebendo inúmeras reclamações de bancários apontando que está ficando impossível para pagar os custos da coparticipação do plano de saúde oferecido pelo Santander. Os valores são exorbitantes e as cobranças para todos os procedimentos (exames e consultas) cobertos pelo convênio geram indignação.

Esse processo de custos abusivos foi iniciado em 2013. Através de uma ação trabalhista, o movimento sindical conseguiu impedir alguns aumentos. Porém, em novembro daquele ano, o banco aplicou novo reajuste de cerca 30% na mensalidade e implementou a cobrança por faixa etária. “Esse modelo é perveso, pois esses aumentos sobrecarregam o trabalhador, justamente no momento em que ele está doente e precisa fazer vários exames, ou ser internado”, observa diretor da Fetec-CUT/CN Jorge Kotani.

Da Redação