Eletricitários mantêm greve e participam de audiência pública nesta quarta (13)

Eletricitários mantêm greve e participam de audiência pública nesta quarta (13) Destaque

Eletricitários mantêm greve e participam de audiência pública nesta quarta (13)



Em greve desde segunda-feira (11), os trabalhadores eletricitários mantêm-se resistentes na luta em defesa da Eletrobras. De acordo com a dirigente do Stiu-DF ─ sindicato que representa o grupo ─, Fabíola Antezana, a Justiça decretou a legalidade do movimento paredista, porém, em contrapartida, exigiu que 75% do efetivo retornasse aos postos de trabalho. Enquanto em alguns estados a categoria optou pelo encerramento da paralisação, em Brasília, o movimento seguiu firme.

“Avaliamos que apenas o fato de ter sido decretada a legalidade do nosso movimento já é um grande êxito. Vamos manter nossa mobilização e seguir com nossa agenda de lutas”, afirmou a dirigente.

Nesta terça (12), a representação trabalhista participou de reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, onde reafirmou o posicionamento em defesa da Eletrobras. “Deixamos claro ao parlamentar que não aceitaremos nenhum dos PLs que estão no Congresso e atacam a empresa. Queremos uma Eletrobrás 100% pública em todos os aspectos”, disse Fabíola.

Outra ação importante do dia foi um twitaço realizado para pressionar o governo e mobilizar outras categorias e movimentos populares contra a privatização da Eletrobras. Durante toda a manhã as hashtags #EletrobrasPública , #EnergiaNãoéMercadoria e #ForaWilsonPinto foram postadas na rede social.

As atenções desta quarta (13), ultimo dia de paralisação, serão voltadas ao Congresso Nacional, onde representantes dos trabalhadores seguirão acompanhando as discussões sobre a Eletrobras. Uma das ações é uma audiência pública que ocorrerá na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC), na Câmara dos Deputados, a partir das 9h.

Fonte: CUT Brasília