Curso de Paternidade Responsável certifica mais 12 pais bancários

Curso de Paternidade Responsável certifica mais 12 pais bancários Destaque

Curso de Paternidade Responsável certifica mais 12 pais bancários
O Sindicato certificou, na manhã desta terça-feira (23), mais 12 pais bancários, aptos a desfrutar a licença paternidade ampliada de 5 para 20 dias. Os novos papais trocaram experiências e finalizaram juntos a última etapa do curso de Paternidade Responsável, promovido pela entidade.
O encontro contou com a palestra da enfermeira Adriana Carvalho, do SUS, que abordou o processo desde a gestação ao pós-parto, esclarecendo dúvidas recorrentes dos pais. A enfermeira destacou a importância da participação ativa dos pais em todas as fases, da primeira ecografia ao dia a dia depois do nascimento.
 
De acordo com a secretária de Formação Sindical do Sindicato, Teresa Cristina, já passaram pelo curso mais de 160 pais bancários. “Graças à luta da categoria bancária, garantimos a ampliação da licença para os papais bancários de todo o país. Esta última etapa do curso, presencial, é mais uma oportunidade de receber as últimas orientações e tirar dúvidas nesta fase importante da vida”, destacou Teresa.
 
O direito está previsto na Lei 13.257/16, sancionada pelo governo Dilma Rousseff em março de 2016, e faz parte da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos bancários. Uma antiga luta do Sindicato, a ampliação da licença foi reivindicada logo no mês seguinte à sanção da lei.
Regras

Para ter direito à ampliação da licença-paternidade, prevista na cláusula 26 da CCT, é necessário que o trabalhador faça o curso na plataforma online, participe da palestra realizada na sede do Sindicato e apresente o certificado do curso ao banco.
Também é necessário que o bancário solicite o benefício por escrito ao banco em até dois dias úteis após o nascimento do filho. Isso também vale para casos de adoção (inclusive por casais homoafetivos) de crianças de até 12 anos de idade incompletos.
O curso

Gratuito para os sindicalizados, o curso tem um custo de R$ 180 para os não associados, e é realizado em duas partes. A primeira é auto-instrucional e a segunda consiste numa palestra do Sindicato.
 
Nas próximas turmas, o curso será ampliado para as companheiras e companheiros das mamães bancárias.
 
Joanna Alves
Do Seeb Brasília