Contraf-CUT e Banco do Brasil se reúnem quinta-feira (14) para debater mudanças na PSO

Contraf-CUT e Banco do Brasil se reúnem quinta-feira (14) para debater mudanças na PSO Destaque

Contraf-CUT e Banco do Brasil se reúnem quinta-feira (14) para debater mudanças na PSO



Reunião faz parte do processo de negociação permanente, que consta no acordo coletivo específico

A Contraf-CUT se reúne, na quinta-feira (14), com o Banco do Brasil para debater as mudanças que estão acontecendo nas Plataforma de Suporte Operacional (PSO) e nas atribuições dos caixas executivos.

O BB iniciou um piloto com mais de 200 salas de autoatendimento e algumas mudanças têm gerado reclamações e dúvidas de bancárias e bancários que atuam nas PSOs.

Para Rafael Zanon, representante da Federação dos Bancários do Centro Norte (Fetec-CUT/CN) na Comissão de Empresa dos Funcionários do BB, o deslocamento dos caixas para as salas de autoatendimento está gerando insegurança entre os bancários envolvidos, além de irregularidades, como o desvio de função.

"As atribuições dos funcionários das Plataformas de Suporte Operacional devem ser respeitadas. Além disso, a ausência ou desvio de função de supervisores em algumas agências provoca a sobrecarga para os escriturários e caixas, que acabam acumulando as tarefas do supervisor sem receber a remuneração devida", alerta Zanon.

A reunião faz parte do processo de negociação permanente e foi solicitada pela Comissão de Empresa. O BB fará uma apresentação do projeto em implantação e os representantes dos bancários levarão os questionamentos sobre os problemas que vem ocorrendo.

Da redação com informações da Contraf-CUT