Contra projeto privatista de Temer, Sindicato integra ato no Rio de Janeiro

Contra projeto privatista de Temer, Sindicato integra ato no Rio de Janeiro Destaque

Contra projeto privatista de Temer, Sindicato integra ato no Rio de Janeiro



A diretoria do Sindicato ocupa as ruas do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (3), ao lado de milhares de trabalhadores e dos movimentos Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo contra a ofensiva privatista do governo ilegítimo de Michel Temer. Bancários também defenderam a Caixa como banco público durante lançamento da campanha nacional “Defenda a Caixa você também”.

O ato, que teve início pela manhã em frente à sede da Eletrobras, encampou a defesa do patrimônio público brasileiro e da soberania nacional. O dia escolhido é simbólico, já que, há 64 anos, no dia 3 de outubro de 1953, o presidente Getúlio Vargas criou a Petrobras por meio da Lei 2004, que instituía o monopólio estatal da exploração, do refino e do transporte do petróleo.

Presidente do Sindicato, Eduardo Araújo participou da atividade e destacou a importância da preservação das empresas públicas brasileiras para o desenvolvimento social e econômico do Brasil. “A defesa da soberania nacional passa pela defesa da manutenção das empresas públicas como instrumento de governo para ampliar o desenvolvimento do país, gerando emprego e renda para os brasileiros”, alerta Araújo.

Em agosto, o presidente golpista anunciou a privatização de 57 empresas e projetos, incluindo a Casa da Moeda e aeroportos.

Defenda a Caixa você também



Bancários e bancárias da Caixa engrossaram o coro contra a privatização das empresas públicas. Com o lançamento da campanha nacional “Defenda a Caixa você também”, os trabalhadores de todo o país alertam para a necessidade de proteger o patrimônio do povo brasileiro.

“Agora o governo tenta atacar até as ações da Caixa, abrindo o capital do banco para o mercado. Nosso ato, junto com as atividades que estão sendo realizadas no Rio, destaca o risco que é liquidar uma empresa tão importante para a população, que incentiva projetos de construção de moradias, apoia o esporte e a cultura, além de financiar a educação e os pequenos empresários”, frisa Henrique Almeida, diretor do Sindicato e empregado da Caixa.

Depois das 14h, a manifestação seguiu em passeata até o prédio da Petrobras, que completa 64 anos nesta terça (3).

Joanna Alves

Do Seeb Brasília