Com voto de Satoru, Cassi aprova aumento de 100% no valor das coparticipações

Com voto de Satoru, Cassi aprova aumento de 100% no valor das coparticipações Destaque

Com voto de Satoru, Cassi aprova aumento de 100% no valor das coparticipações



A diretoria da Cassi aprovou, em reunião no dia 26 de junho, sem comunicação prévia, um aumento de 100% das coparticipações cobradas dos associados em exames e em consultas. A partir de agora, os associados terão de pagar 40% dos valores de consultas e 20% dos exames.

O aumento da coparticipação não onera o patrocinador, que não tem participação nos pagamentos de coparticipação.

A matéria não foi decidida por unanimidade na diretoria da Cassi. Além dos dois votos dos representantes do Banco do Brasil, o aumento da coparticipação contou com o voto de um diretor recém-eleito, Luiz Satoru, sem qualquer debate com os associados.

Para Mônica Dieb, secretária de Saúde do Sindicato, esse aumento prejudica os trabalhadores que precisam de atendimento médico. “Ninguém pede para ficar doente. Na hora que a gente mais precisa de cuidar da saúde, tem que pagar ainda mais. Fico surpresa de um representante dos associados ter votado favoravelmente a essa matéria sem nenhum diálogo com os associados”.

No Estatuto da Cassi existe um limitador mensal para o pagamento de coparticipação para determinados procedimentos, que não pode ultrapassar o valor de 1/24 da remuneração mensal do bancário. “Existem procedimentos na Cassi que não contam com o limitador mensal. Corremos o risco de termos a renda dos bancários totalmente comprometida com o aumento da coparticipação”, observa a secretária de Saúde do Sindicato.

Da Redação