BRB troca diretor de Tecnologia

BRB troca diretor de Tecnologia Destaque

BRB troca diretor de Tecnologia

Em meio a diversas dificuldades ocasionadas pela migração de sistemas do mainframe Unisys para IBM, que têm gerado transtornos aos clientes e funcionários do banco e, por tabela, à imagem do BRB, foi anunciada nesta terça-feira, 31 de julho, a saída do atual diretor de Tecnologia, Gustavo Oliveira. Até o momento não há definição sobre a substituição, e a diretoria será ocupada interinamente pela diretora de Crédito e Clientes Cristiane Bukowitz. 

Mudanças em diretorias de empresas são comuns, mas esta permite inferir algumas indagações: primeiramente, por que a substituição ocorre exatamente no momento em que o processo de migração está se encerrando, quando do período mais crítico, em que o BRB foi duramente criticado pela clientela e por veículos de comunicação do DF, e ainda por agentes políticos? Se havia a percepção da inadequação do diretor face às graves intermitências ocorridas, que ele tivesse sido removido tão logo aqueles graves problemas ocorreram. 

Outro aspecto que precisa de explicação decorre dos comentários que ocorrem internamente no banco, os de que Gustavo estaria de saída do BRB por acordo, em função de ter recebido uma proposta de emprego mais satisfatória, e que estaria, inclusive, automaticamente assumindo o outro cargo imediatamente após a saída do BRB. O esclarecimento precisa ser feito porque, segundo se comenta, Gustavo estaria indo trabalhar em outra instituição financeira, portanto concorrente do BRB. Como não mais existe no BRB a necessidade de quarentena quando alguém da alta administração deixa o trabalho, é no mínimo imprudente que isso ocorra, pois é factível que informações estratégicas sobre o BRB podem ficar em risco. 

Cabe ao banco explicar esta substituição repentina.

Da Redação