Ação político-cultural alerta bancários do Banco do Brasil

REFORMA TRABALHISTA

Ação político-cultural alerta bancários do Banco do Brasil Destaque

Ação político-cultural alerta bancários do Banco do Brasil

Nesta quarta, 1º de novembro, bancários do Banco do Brasil foram surpreendidos com uma intervenção político-cultural através de uma apresentação teatral promovida pelo Sindicato no edifício Banco do Brasil, no Setor de Autarquias Norte, tratando da reforma trabalhista, que entra em vigor no próximo dia 11 pela lei 13.467.

Na atividade, iniciada no horário do almoço, também foi feita coleta de assinaturas da campanha para revogar a reforma trabalhista, em que o funcionalismo, por meio de um texto breve e direto, foi informado de como os trabalhadores estão sendo e serão atingidos pelos projetos do atual governo, que conta com apoio da mídia e do judiciário para promover a desigualdade social.

"A iniciativa do Sindicato foi extremamente produtiva porque ao mesmo tempo que serviu para informar e esclarecer os bancários, de forma lúdica e didática, sobre a reforma que está prestes a entrar em vigor, também serviu para colhermos assinaturas para a campanha de mobilização para o Projeto de Lei de Iniciativa Popular (Plip) cujo objetivo é revogar esse retrocesso", assegurou Kleytton Morais, diretor do Sindicato que esteve no ato.  

"O Sindicato está trabalhando em várias frentes em defesa dos trabalhadores, os que mais vão sofrer os impactos perversos dessa reforma que veio pelas mãos de um governo ilegítimo e que está a serviço tão somente do capital financeiro", complementou Wadson Boaventura, que também esteve presente à atividade, lembrando que uma dessas frentes consiste em esclarecer os bancários por meio de reuniões nos locais de trabalho. 

Também participaram do ato os diretores do Sindicato Mônica Dieb, Fátima Marsaro, Maria José Furtado e Rafael Zanon.

Confira como foi a atividade no vídeo a seguir: