2ª edição do Oktobier dos Bancários consagra sucesso entre cervejeiros

2ª edição do Oktobier dos Bancários consagra sucesso entre cervejeiros Destaque

2ª edição do Oktobier dos Bancários consagra sucesso entre cervejeiros

Os bancários produtores de cervejas artesanais demonstraram todo o seu poder alquimista na segunda edição do Festival Oktobier dos Bancários, realizado na noite do sábado (27), no Clube Associação Brasil, no Park Way. Em clima de festa e descontração, o festival promovido pelo Sindicato reuniu bancários, familiares e convidados para degustar rótulos produzidos pela categoria e por convidados da Acerva Candanga.

Um evento de bancário para bancário, onde foram servidos mais de 3 mil litros de cerveja artesanal, o Oktobier também contou com o embalo musical de bandas compostas por músicos bancários. Foram 5 horas de festa sob o comando das bandas Bad Stone, RockIt e Black Shirts, com muito rock e pop rock nacional e internacional.

“A segunda edição do Oktobier foi uma festa de pluralidade e de amor. Contamos com as valorosas parcerias com a Associação dos Cervejeiros Artesanais do Distrito Federal (Acerva Candanga) e a Candango Brau, além de ter sido registrado junto ao Beer Judge Certification Program (BJCP), organização internacional que promove a alfabetização cervejeira e apreciação da verdadeira cerveja, e para reconhecer habilidades na degustação e avaliação do produto”, destacou o organizador do festival e diretor da Federação dos Bancários do Centro Norte, Juliano Braga.

Para Raíssa Alves, diretora do Sindicato e também organizadora do Oktobier, “participar da organização do festival foi uma experiência única. A gente se surpreende com a quantidade de talentos que nossa categoria apresenta, seja no meio cervejeiro, seja no meio musical. E o festival é a prova viva disso: unimos  amigos, bancários, música, gastronomia, ao ar livre, com degustação de cerveja à vontade. Não faltou diversão”.

O concurso

A avaliação das bebidas foi feita pelo júri técnico, composto por sommelieres de cerveja representantes da Acerva Candanga, que avaliaram critérios como cor, aroma e aparência. Entre os juris, especialistas em harmonização de bebidas e gabaritados por institutos internacionais.

Jurada técnica, Bárbara Soares frisou que “o festival e a festa foram muito bem organizados. O nível dos participantes, em relação à edição do ano passado, subiu notoriamente. Avaliamos amostras muito boas mesmo. A categoria está de parabéns!”.

Confira a classificação dos bancários produtores que participaram do 2º Oktobier dos Bancários:

Resultado Best Of Show

1º lugar - MEDALHA DE OURO - Vinicius Ferraz Campos Florentino, com a amostra Belgian Dark Strong Ale, estilo 26d, do BJCP.  Além da medalha, Vinicius ganhou o direito de participar do Dia da Experiência Agrária Malte, em Guarapuava (PR), garantido pela empresa Candango Brau de Brasília, mais passagem aérea, translado e duas diárias, garantidos pelo Sindicato.

2º lugar - MEDALHA DE PRATA - Luis Henrique Senna Pereira, com a amostra Specialty Ipa: Red Ipa, estilo 21b do BJCP. Além da medalha, Senna ganhou mais um barril inox de 10 litros.

3º lugar - MEDALHA DE BRONZE - Milton Pinto de Oliveira Junior, com a amostra Belgian Dark Strong Ale, Trappist Ale, estilo 26d do BJCP. Além da medalha, Milton ganhou mais um barril inox de 5 litros.

"Considerando que participaram do concurso cervejeiros bancários e não bancários, os resultados do Best Of Show demonstram que os produtores artesanais de cerveja da nossa categoria estão aptos e bem qualificados para concorrer em pé de igualdade em qualquer concurso semelhante", frisou Juliano. 

Resultado no Grupo dos Bancários

1º lugar - MEDALHA DE OURO - Luis Henrique Senna Pereira, com a amostra Specialty Ipa: Red Ipa, estilo 21b do BJCP. Além da medalha, Senna ganhou da Candango Brau um vale malte no valor de R$ 300,00.

2º lugar - MEDALHA DE PRATA - Milton Pinto de Oliveira Junior, com a amostra Belgian Dark Strong Ale, Trappist Ale, estilo 26d do BJCP. Além da medalha, Milton ganhou da Candango Brau um vale malte no valor de R$ 200,00.

3º lugar - MEDALHA DE BRONZE -  Adeilton da Paz Souza, com a amostra Belgian Tripel, Trappist Ale, estilo 26c do BJCP. Além da medalha, Milton ganhou da Candango Brau um vale malte no valor de R$ 100,00. 

Resultado do Júri Popular

1º Lugar - Vinicius Ferraz Campos Florentino, com a CANECA OURO para a cerveja Belgian Dark Strong Ale;

2º Lugar - Luis Henrique Senna Pereira, com a CANECA PRATA para a cerveja Specialty Ipa: Red Ipa;                             

3º Lugar - Everaldo Bach, com a CANECA BRONZE para a cerveja American Pale Ale, e                                               

 - Adeilton da Paz Souza, com a CANECA BRONZE para a cerveja Belgian Tripel.

O Sindicato entrará em contato com todos que entregaram as amostras (tanto para o júri técnico quanto para o júri popular) para orientá-los sobre o curso off-flavours, que ocorrerá no dia 24 de novembro.

Joanna Alves
Do Seeb Brasília