Mobilização no DF reforça defesa da Previdência e Congresso suspende votação

BANCÁRIOS MARCAM PRESENÇA

Mobilização no DF reforça defesa da Previdência e Congresso suspende votação Destaque

Mobilização no DF reforça defesa da Previdência e Congresso suspende votação



Bancários e bancárias de Brasília se somaram, nesta segunda-feira (19), aos demais trabalhadores do Distrito Federal nos protestos contra o desmonte da Previdência Social e o fim da aposentadoria para milhões de brasileiros na contrarreforma do ilegítimo e vampiresco governo Temer. O dia foi de luta por todo o país. No fim da noite, o Congresso retirou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287 da pauta de votação.

A mobilização no DF envolveu trabalhadores e ativistas de movimentos sociais em um grande protesto no Aeroporto de Brasília, pela manhã, e em diversas atividades no decorrer do dia, culminando com ato público no Museu da República, a partir das 17h.

A manifestação no aeroporto teve como alvo os parlamentares que chegavam a Brasília, em reforço à pressão que vem sendo exercida também a partir de suas bases nos estados.


 

Os dirigentes e ativistas sindicais bancários ainda percorreram agências e unidades convocando para o ato público. O Sindicato ofereceu total respaldo à participação da categoria no evento.

O ato no Museu da República, que contou com caminhada pela Esplanada dos Ministérios, expressou a crescente disposição de luta dos trabalhadores e suas representações, em aliança com movimentos sociais e a juventude, contra as “reformas” e os ataques orquestrados pelo governo em parceira as corporações empresariais.




Segue a pressão

A luta em defesa da Previdência não tem trégua. Campanha da CUT orienta o trabalhador a pressionar cada vez mais os deputados do seu estado a NÃO aderirem à reforma da Previdência! Bote pressão: www.napressao.org.br #NaPressão#SeVotarNãoVolta #QueroMeAposentar



Evando Peixoto
Colaboração para o Seeb Brasília