ANUÊNIO do BANCO DO BRASIL

•   Página inicial  •   Grupo Saad  •   Sindicato dos Bancários no DF  •   Sair  •
Credenciais de acesso
Matrícula funcional sem o dígito verificador
(somente números)


CPF
(somente números)


Data de nascimento
(dd/mm/aaaa)

Entre em contado com o Sindicato e peça seu cadastramento.
SISTEMA DE CONSULTA ELETRÔNICA
Registrado para Sindicato dos Bancários do DF

NOTA TÉCNICA EXPLICATIVA

I - DOS TRABALHOS :
A realização e a apuração dos cálculos judiciais referentes a diferença de anuênios devidos aos Substituídos constantes do processo judicial nº 512/00 - 16ª Vara do Trabalho em que contendem o SINDICATO DOS EMPREGADOS EM ESTABELECIMENTOS BANCÁRIOS DE BRASÍLIA e O BANCO DO BRASIL.
II - DOS CÁLCULOS :
Os cálculos das diferenças de anuênios devidas aos foram realizados no período compreendido de janeiro de 2001 a junho de 2005 para todos os Substituídos. As diferenças de anuênios foram calculadas com o percentual de 1% am a partir de janeiro de 2001, progressivamente até janeiro de 2005, quando registramos o percentual acumulado devido de 5%a m, até junho de 2005. As referidas diferenças foram calculadas sobre as rubricas denominadas "VENCIMENTO - PADRÃO 010" e a "VCP VENCIMENTO - PADRÃO 013", sobre as diferenças calculados os reflexos na gratificação semestral, 13º salário, férias com o respectivo abono e FGTS. Os descontos previstos foram : INSS cota empregado, PREVI e IRPF. Os juros foram calculados a taxa de 1% a m, a partir do ajuizamento da ação - 17 de maio de 2000 e o coeficiente de correção monetária os divulgados pelo Tribunal Superior do Trabalho.

Esdras A R Queiroz - Perito em Cálculo


NOTA TÉCNICA JURÍDICA

I- DA COISA JULGADA:
Somente após o que se chama de trânsito em julgado (quando não há mais possibilidade das partes recorrerem da decisão) é que se inicia a execução da sentença. No caso, a execução há de ser precedida pelo que se chama de liquidação do processo, ou seja, tornar o comando judicial líquido em valores para cada um dos substituídos. A sentença determinou o restabelecimento do anuênio para os substituídos e as diferenças salariais a partir de janeiro de 2001 até a integração. Após citação judicial o banco foi obrigado a integrar o anuênio a partir de julho de 2005.
II- DA LIQUIDAÇÃO DA SENTENÇA:
A liquidação da sentença tem por objetivo encontrar o valor individual devido para cada um dos substituídos das diferenças desde janeiro de 2001 até a integração.
III- COMO SE PROCESSA A EXECUÇÃO:
Os exeqüentes apresentam os cálculos de liquidação. O Juiz tem dois caminhos a seguir: a) desde logo homologa os valores e cita o Banco para o pagamento; b) abre vistas para que o banco possa falar sobre os cálculos de liquidação. Se adotar o primeiro caminho, ao Banco caberá efetuar o depósito judicial (o que se chama de garantir o juízo) e apresentar, se discordar dos cálculos, os embargos a execução. Nestes o Banco deverá apresentar a sua conta de liquidação e os valores específicos da discordância. Se for adotado o segundo caminho, o Banco poderá impugnar os cálculos ou com eles concordar. Se houver impugnação o Juiz poderá determinar perícia técnica contábil ou encaminhar à contadoria judicial para que esclareça as questões técnicas dos cálculos.
IV- OS RECURSOS QUE CABEM NA EXECUÇÃO:
Na execução não se discute mais o direito mas, tão somente, os valores. Há recursos legalmente previstos, a saber: impugnação aos cálculos; embargos a execução; agravo de petição (que será decidido pelo TRT) e recurso de revista para o TST (somente quando houver violação constitucional).

Crivelli Advogados



Grupo Saad. suporte@saad.com.br
Todos os logos e marcar registradas são de propriedade de seus respectivos donos. Os comentários são de propriedadede seus remetentes.
All logos and trademarks in this site are property of their respective owner. The comments are property of their posters, allthe rest © 2004 by me.
Auditoria Eletrôncia - Caixa Seguros. Tempo para gerar esta página: 0.046segundos